Bom dia! Costa Rica/MS, Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020
Geral

Ganhadores da Nota Premiada MS de abril têm até o dia 14 para se cadastrar

11 Agosto 2020
44

Os ganhadores da Nota Premiada MS, que tiveram suas dezenas sorteadas no mês de abril, têm até a próxima sexta-feira (14) para fazer o cadastramento no site da premiação para resgatar o prêmio no valor de R$ 527,70. Ainda faltam 214 acertadores da quina.

 

Em julho, pelo menos 161 ganhadores do mês de março perderam o prazo, e deixaram de levar os R$ 660,70 da quina. 

 

“Em junho registramos a ausência de 154 acertadores que não fizeram o cadastramento referente ao sorteio de fevereiro. Os ganhadores estão deixando a data do prêmio prescrever porque, na maioria dos casos, eles não estão acessando o site Nota MS Premiada para conferir se foram ou não contemplados com o prêmio. Há ainda, mesmo em menor quantidade, os casos em que os dados bancários estão sendo informados incorretamente. As informações no site devem ser preenchidas atentamente, isso evita a perda do prazo que é de 90 dias para se cadastrar”, explica o chefe da Unidade de Educação Fiscal da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Amarildo Cruz.

 

Para saber se foi contemplado, o consumidor deve acessar o site, ir até o secção “lista de sorteados do mês” e digitar o CPF referente a data do sorteio do mês de abril. “É nossa intenção fazer com que as pessoas recebam o seu prêmio, e não o dinheiro retornar para o tesouro do Estado”, reiterou Cruz.

 

De acordo com o Decreto 15.341/2019 podem participar do programa as pessoas físicas inscritas no Cadastro de Pessoas Físicas da Receita Federal do Brasil (CPF), que adquirirem mercadorias ou bens de estabelecimentos contribuintes do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) localizados em Mato Grosso do Sul. A inclusão do CPF na nota fiscal é válida para compras a partir de R$ 1,00 (um real).

 

O Programa Nota MS Premiada está em vigor em Mato Grosso do Sul desde o mês de janeiro de 2020. Informações, dúvidas e reclamações ligue ou envie mensagens para o número 3389-7801.

Fonte: Fábio Oruê / Correio do Estado

Em Costa Rica, Poder Legislativo apoia a Campanha Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica
Costa Rica está entre os municípios mais secos do Brasil